Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted on 15/abril/2017 in Notícias, Slide

População idosa vai triplicar até 2050. Estamos prontos para envelhecer?

População idosa vai triplicar até 2050. Estamos prontos para envelhecer?

De acordo com boletim demográfico do Seade, dedicado à projeção da população do Estado de São Paulo, a população idosa paulista deve triplicar até 2050.

São Paulo vai envelhecer  literalmente,  uma vez que a única faixa etária que apresentou crescimento de acordo com a pesquisa é a de idosos.

A pesquisa baseou-se no Censo Demográfico, do IBGE, e nas estatísticas do registro civil, fundamentadas nas informações enviadas pelos Cartórios e processadas pela Seade. Para a análise foram utilizados os dados sobre a evolução da fecundidade, da mortalidade e da migração e seus impactos na dinâmica populacional.

Em termos absolutos, a população com mais de 65 anos aumentará 3,3 vezes e passará de praticamente 3,2 milhões de pessoas, em 2010, para 10,7 milhões, no final da projeção.

Trazendo essa mesma expectativa para a minha querida Cotia, cidade onde eu moro e uma das que mais cresce na região metropolitana de São Paulo, graças à famigerada especulação imobiliária que, com autorização dos senhores do poder,  vai picotando toda nossa área verde, chegamos a números que nos fazem refletir sobre o futuro que teremos. E  o que queremos.

Então vejamos:

De acordo com a mesma fundação Seade, Cotia possui atualmente 233,7 mil habitantes, sendo que 10,3% tem mais de 60 anos, ou seja, aproximadamente 23 mil pessoas.  Se continuarmos com a mesma taxa de crescimento populacional  (2,2% ano), em 2050 seremos cerca de 400 mil habitantes. E como a expectativa é que a população idosa triplique , seremos  cerca 70 mil velhinhos. Eu serei uma delas, com 78 anos (siiiiimmm vocês terão que me aturar até lá e muito mais rsrsr)

Em contrapartida, para o futuro, de acordo com este estudo,  a expectativa é de redução lenta dos níveis de fecundidade, ou seja, enquanto o número de idosos triplica, teremos menos gente nascendo. A estimativa é que em 2050 as mulheres residentes no Estado de São Paulo tenham, em média, 1,5 filho, lembrando que em 2010 a marca era de 1,7 filho.  Com isso, o grupo com menos de 15 anos (os adolescentes) terá redução de 8,9 milhões, para 6,6 milhões nesse período.

Quanto à esperança de vida, também vai aumentar e deverá atingir, em 2050, 79,07 anos para a população masculina e 84,20 anos para a feminina. Em 2010 a vida média era de 71,44 para homens e de 78,60 anos para mulheres.  Oba! Se em 2050 eu terei 78 anos, significa com isso que terei mais algum tempinho por aqui. Na boa mesmo, da minha parte, posso até ficar mais tempo.

Nos próximos anos, os resultados da pesquisa Seade, apontam para uma redução da taxa de crescimento populacional, que deverá inclusive tornar-se negativa no final do período projetado, estimando-se que a população atinja, em 2050, 47,2 milhões de pessoas residentes no Estado de São Paulo. Esse volume corresponde praticamente ao dobro do total de residentes recenseados no Estado em 1980 e é 14,5% superior ao total de 2010.

Em 2050, a população deixará de apresentar perfil mais jovem como tinha em 2000, cuja idade média era de 30,15 anos, e passará a registrar perfil mais adulto, com idade média de 44,10 anos, ou seja, acréscimo de 14 anos.

População idosa vai triplicar até 2050 e Cotia pode chegar a 70 mil idosos. Estamos prontos para envelhecer?

Cidade amiga do idoso?

Estamos prontos para viver uma realidade  parecida com a dos países desenvolvidos onde a taxa de idosos é cada vez mais crescente? Voltando a falar de Cotia,  que recentemente a prefeitura divulgou  pesquisa realizada pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon e a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Eaesp) em que foi classificada como uma  das 150 melhores do Brasil para os idosos (oi???).

A economista e doutora em estudos da população do Ipea, Ana Amélia Camarano,  cita que nos países desenvolvidos o envelhecimento aconteceu lentamente.E eles tiveram tempo de se prepararem para que isso ocorresse. Já, nos países em desenvolvimento como o Brasil, isso aconteceu de forma drástica e com os países ainda não preparados para o envelhecimento.  O resultado é o que já sabemos e são mascarados por pesquisas como essa que acabei de citar.

Lógico que alguma coisa não está batendo nessa pesquisa divulgada pela prefeitura na minha humilde opinião.  E minha conclusão de futura idosa se baseia também na conversa que tive recentemente, com a professora Doutora Miriam Cabrera da universidade de Santa Maria (RS) numa entrevista para o programa Porta Aberta, quando eu ainda era editora do cotiatododia.  O tema foi exatamente a importância de as cidades se preparem para o envelhecimento da população.

“Entre outras ponderações, a especialista que defendeu tese sob o tema “a participação dos Idosos na implementação das Políticas Públicas de Saúde em Portugal e no Brasil”,  lembrou que  uma das medidas já existentes que se preocupam com isso é a política da “Cidade Amiga do idoso”, que consiste em uma cidade adaptada de forma que todos tenham acesso à saúde de qualidade, ao lazer, à cultura e também à prática esportiva.  Para ela quanto mais incentivado for o estilo de vida saudável, melhor será a velhice humana”.

Mais adiante, ela diz que “quando se fala em saúde, a primeira coisa que vem na cabeça são os postos de saúde, os hospitais, as melhorias que devem ser feitas e o estado de conservação e funcionamento no qual a instituição se encontra…” (a matéria completa você pode ler AQUI).

Diante dessa realidade, eu pergunto e você responde se quiser. O Brasil, o Estado de São Paulo, mas principalmente Cotia estão prontos para envelhecer?  Que tipo de idoso você quer ser? Cotia é uma cidade amiga do idoso?

468 ad

2 Comments

  1. Cotia. NÂO está preparada para atender o idoso. Quantos Geriatras nós temos nas Unidades de atendimento?Quero participar das atividades em Entidades Sociais , não públicas, mas preciso do numero do NIS, estive no CRAS, das 7,00 as 11,45h e a Assistente me informou que não me “encaixo” nos parâmetros, mas por ter tido câncer,(2), ela iria fazer uma visita em minha casa. estou aguardando já se passaram quinze dias… detalhes tenho 74 anos, moro sozinha e sou aposentada, então a minha “renda” de $1010,00 não me “enquadra”.

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *