Pages Menu
TwitterFacebook
Categories Menu

Posted on 27/junho/2017 in Nos Bares e lugares da Vida, Slide

Páteo Lisboa – Um sopro de criatividade na Culinária local

Páteo Lisboa – Um sopro de criatividade na Culinária local

Por Mariana Saliola

Depois da febre dos restaurantes japoneses, a Granja Viana agora conta com um cantinho lusitano!

Foi inaugurado, em 11 maio, o Páteo Lisboa, na Rua José Felix de Oliveira nº 991, onde antes funcionou, por quase duas décadas, o inesquecível Restaurante do Ney. Já na inauguração – super concorrida e lotada de amigos – o Páteo dava sinais de que seria um sucesso…

O espaço foi totalmente reformulado e é apresentado como “o sonho da Sandra”, proprietária e Chef de cozinha, que já era bem conhecida da região com suas famosas paellas sob encomenda e também pelos kits de comida variada que saiam de sua casa, o Sofia Studio.‎

Páteo Lisboa, onde por quase duas décadas funcionou o inesquecível Restaurante do Ney

Sandra Sofia Faria Grotkowski criou um espaço aconchegante, que serve tanto para refeições individuais quanto para happy hours e jantares em grupo. Estive no espaço duas vezes, para almoço e para jantar. E nas duas ocasiões a avaliação foi super positiva.

Com um cardápio à la carte enxuto e um serviço bom (mas que ainda pode melhorar), podemos optar por diversas receitas de bacalhau – dos bolinhos ao tradicional à Gomes de Sá, um prato de carne e outro de frutos do mar. Os preço variam de R$ 130,00 e R$ 150,00 para pratos que servem fartamente 2 pessoas e opções de menu infantil, ao redor de R$ 30,00 – valores em maio/2017. Durante a semana serve almoço executivo também.

Eu, Chef Sandra Sofia e minha Mãe Maria Alice, minha convidada para o almoço

Como eu não sou super fã de bacalhau, pedi um prato de mignon suíno (no almoço) e um polvo (no jantar), ambos super bem servidos, deliciosos e surpreendentes.

Apesar de não ser meu prato predileto, confesso que fiquei tentada a voltar quando vi os pratos de bacalhau passando paras outras mesas…

Mariana Saliola

O espaço tem tudo para ter vida longa e se depender da criatividade da proprietária, sem dúvida vai se transformar numa parada obrigatória.

468 ad

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *